Você está lendo:

WordPress REST API – O impossível ficou para trás

Sobre:
WordPress REST API – O impossível ficou para trás

WordPress REST API cria um universo de possibilidades sem precedentes para seu ecossistema, justificando o uso do WP por qualquer desenvolvedor.

redacao

Desde sua criação o WordPress não para de crescer, tanto em melhorias da comunidade quanto em tecnologia. Pois bem, o CMS mais utilizado em todo o mundo promete manter seu crescimento exponencial por um bom tempo. Em 2016, vamos ver um aumento no uso do WordPress para o desenvolvimento de aplicativos e testes graças principalmente ao WordPress REST API, esta API já está integrada ao core da nova versão 4.4 do WP. Esta inclusão é importantíssima, não somente para desenvolvedores de sites e apps, mas para gestores de projetos e profissionais de aplicativos em geral, pois os benefícios deste plugin para aplicações e construção vai garantir economia de tempo e dinheiro.

O WP REST API ganha evidência no meio da onda de aplicativos WordPress por permitir coletar e editar dados do seu site facilmente em qualquer plataforma, isso significa que agora,  qualquer aplicativo pode interagir com WordPress.

O que é o WordPress REST API?

Vamos começar pelos conceitos, se você não está familiarizado com o termo REST veja a definição da tecnologia nesse link, o termo é uma abreviação (em inglês) de Representational State Transfer (Transferência de Estado Representacional).

API é a abreviatura (também em inglês) de Application Programming Interface (Interface de Programação de Aplicativo), veja a definição de API no link.

Em poucas palavras a REST API do WordPress é uma forma simples, flexível e poderosa que permite o acesso seguro dos dados de um site WordPress externamente a partir de requisições em JavaScript de todos os tipos de aplicativos (mobile, desktop, plugins ou temas WordPress). O WordPress REST API veio para simplificar, pois permite que toda as aplicações desenvolvidas em qualquer linguagem se integrem a tudo que for desenvolvido com base no WP.

Veja alguns dos dados que podem ser acessados através da WP REST API:

  • Posts;
  • Meta informações de Post;
  • Termos associados a Post;
  • Revisões de Posts;
  • Páginas;
  • Mídia;
  • Tipos de Posts;
  • Status de Posts;
  • Comentários;
  • Taxonomias;
  • Termos;
  • Usuários.

wordpress-rest-api-logo

Resumindo, o WordPress REST API cria um universo de possibilidades sem precedentes para seu ecossistema, justificando o uso do WP por qualquer desenvolvedor e, é claro, justificando também o título do artigo que você está lendo.

Como começou

Em 2013 Ryan McCue, reconhecido pela biblioteca SimplePie que é utilizada no core do WordPress, propôs criar uma API REST baseada em JSON para o core do WordPress, seu projeto foi aceito no programa Summer of Code do Google (GSoC). Durante 5 meses Ryan criou um cronograma semanal com as atualizações incluídas em cada release. Neste período o projeto foi criado como um plugin para que outros desenvolvedores fossem testando as funcionalidades.

Em pouco tempo a REST API obteve o sucesso esperado e agora foi adicionada ao core do WordPress. A merge da REST API do WordPress ficou divida em infraestrutura e endpoints. Na versão 4.4 do WordPress já conta com a infraestrutura incluída ao core.

A infraestrutura funciona como um “API Construction”, basicamente ela faz o gerenciamento das rotas, JSON serialisation/deserialisation, status code, entre outras funcionalidades.

Entenda o impacto do WordPress REST API

O principal atrativo do WordPress REST API está na facilidade de agregar novos recursos, criando um novo nicho de aplicações em outras linguagens. Para um front-end o WordPress será só mais uma aplicação onde é possível aplicar modelos MV** como: AngularJS, EmberJS, MeteorJS ou React utilizando facilmente as requisições da API e montar o seu workflow sem se preocupar com as entrelinhas de um tema WordPress. Assim a REST API do WordPress simplifica o trabalho de programadores, desenvolvedores, gerentes de projetos, empreendedores e demais interessados.

O que muda?

Dentre as incríveis APIs disponíveis no WordPress, a REST API tem grande destaque pelo seu propósito específico e claro, ela utiliza os navegadores de internet e os dispositivos móveis de maneira moderna por meio de uma interface baseada em REST e sua entrega de dados serializados pelo JSON. O formato facilita a leitura e a escrita de códigos para humanos, assim como requer menos memória para uma máquina analisar e gerar.

Caso não esteja familiarizado com o termo JSON – JavaScript Object Notation (superficialmente traduzido por Notação de Objeto em JavaScript), é um subconjunto do JavaScript planejado para o intercâmbio de dados.

wordpress-rest-api-json

REST API versus o XML-RPC

A diferenças são gigantescas, mostrando as gritantes vantagens do REST API sobre o XML-RPC.

O XML é pesado e consome muita memória, já o JSON é conciso, leve, consume menos de memória. A REST API é moderna, nova e segura, o JSON simplifica usando uma sintaxe nativa do JavaScript. Enquanto XML-RPC foi desenvolvido em 1998, sua serialização no XML é problemática. O suporte para entidades e DOCTYPEs personalizados no XML é problemático e sua análise pode causar problemas e brechas de segurança, incluindo sérios gargalhos e a exploração de XXE.

E para finalizar a comparação, o RPC – Remote Procedure Calls foi implementado na plataforma WordPress para que aplicações desktop pudessem criar e editar posts de blogs, já o WordPress REST API, além de ser nativo da versão 4.4, congraça um grupo das melhores práticas acerca do protocolo HTTP, integrando-se com uma infinidade de plataformas.

O que podemos esperar do WordPress REST API?

WordPress deu mais um grande passo a caminho de se tornar um quadro de aplicação de pleno, o WordPress REST API nasceu da necessidade de criar um quadro mais fácil de usar, mais fácil de entender e de se integrar. A facilidade começa por sua disponibilidade via HTTP, agora recuperar ou atualizar dados é tão simples quanto o envio de uma solicitação HTTP, incluindo dados do seu site em formato JSON simples, usuários, posts, taxonomias e muito mais.

Quer receber mensagens do seu site? Atualização do usuário? Obter todas as mensagens com o termo de busca “qualquer coisa”? Isso e mais é possível.

Com o WordPress REST API qualquer intertface é exposta de forma simples, aumentando as possibilidades ao nível do seus desejos, seja lá o que você quiser, você pode fazer com o WordPress. Pode confiar, a WP REST API permite.

Quer saber mais sobre a REST API do WordPress, endpoints e requisições? Assista ao vídeo do Accácio Franklim no InterCon WP (2014).

Quer saber mais, clique nos links:

Se você gostou desse artigo sobre Desenvolvimento WordPress, provavelmente vai gostar de:
Mais posts como este