Como otimizar a performance de sites em WordPress

Descubra como otimizar a performance do seu site, conserte essas falhas e mantenha o foco em otimizar a performance e manter a segurança do seu WordPress.

Seus amigos merecem saber desse conteúdo?

Não é um desafio muito grande manter seu site veloz a tarefa árdua é otimizar a performance depois de muito tempo sem revisões e implementações no seu WordPress. Os cuidados periódicos não só ajudam na performance como também no SEO e na indexação do site nos motores de busca, como o Google.

pleguas-otimizar-performanceConheça os gargalos para otimizar a performance

Conhecer as causas da má performance da plataforma e quem são os vilões que deixam seu site lento é o primeiro passo para melhorar a experiência do usuário por meio da rapidez do seu website. A velocidade de resposta de um site é um dos critérios de ranqueamento dos principais buscadores, portanto ter um site devagar é estrategicamente um pesadelo para seu SEO e marketing digital. Descubra quais são os principais responsáveis por seu site estar mais lento, conserte essas falhas e mantenha o foco em otimizar a performance e manter a segurança do seu WordPress.

Como saberei se preciso otimizar a performance do meu site WordPress?

O primeiro e principal sintoma de que seu site WordPress precisa de uma turbinada é a demora para abrir páginas (mesmo que a conexão esteja boa). Mesmo sem notar essa mudança de resposta para abrir páginas, é bom fazer análises periódicas sobre a velocidade do seu site, quanto mais o site receber novas publicações, implementações e mudanças, mais próximas deverão ser essas datas de análise de performance.

E agora, o que faço para otimizar a performance do meu site?

É uma questão de atenção e cuidados contínuos, caso o site esteja sendo legado a muito tempo, provavelmente ele dará muito trabalho para otimizar sua performance, envolvendo um certo número de ferramentas, plugins e certamente processos para utilização de todos.

Basicamente o desempenho de todos os sites se baseiam em três pilares de performance: infraestrutura, tecnologia e conteúdo. Com a infraestrutura devemos nos atentar ao serviço e como é formatado os serviços de hospedagem, o tempo de resposta de um servidor conta muito para a velocidade do site. A tecnologia trata do que se refere a qual software e integrações que serão feitas. O WordPress não tem nenhum problema com performance, desde que o desenvolvedor do projeto não utilize um caminhão de recursos inutilizáveis além de softwares, plugins e temas defazados. A boa utilização do WordPress é uma premissa básica, afinal, o WP é aquilo que você faz com ele. Portanto observe bem o que você anda postando, deixe sempre o HTML limpo, se livre das imagens grandes e sempre monitore a performance do seu site.

ligeiro-otimizar-performanceTem algum macete para otimizar a performance?

É claro que tem muitos macetes, mas como atalhos nem sempre são o melhor caminho a recomendação é mantenha o foco em permanecer com o site rápido, e não somente em otimizar a performance.

Conclusão

Não há segredos na hora de otimizar a performance do WordPress, depois que se entende como e porque é importante manter sempre a velocidade do seu site, os cuidados periódicos dos quais ele e qualquer outro site precisam passa a ser uma tarefa, simples e muito importante no seu calendário de ações.

E você, cuida da performance dos seu site WordPress? O que você acha? Comente.