Você está lendo:

WordPress.com x WordPress.org | O que devo considerar antes de escolher?

Sobre:
WordPress.com x WordPress.org | O que devo considerar antes de escolher?

Há quem acredite que tanto o WordPress.com quanto o WordPress.org sejam a mesma coisa, porém, eles são far different um do outro. Qual deles escolher?

redacao

Há quem acredite que tanto o WordPress.com quanto o WordPress.org são a mesma coisa, porém, eles são far different um do outro e essa diferença deve ser considerada na hora de optar por um ou outro. Ambos utilizam a plataforma WordPress para desenvolvimento, mas essa é a única semelhança.

WordPress.com X WordPress.org | Diferenças básicas

WordPress.com

O WordPress.com oferece serviço gratuito de criação e hospedagem de blogs, fazendo uso da plataforma do WordPress, ou seja, você não precisará investir em hospedagem ou domínio próprios, o que não é tão interessante se você deseja crescer o número de acessos ao seu blog ou tem planos de ampliar seu projeto. Nesse caso o seu domínio fica restrito a ‘seublog.wordpress.com’, por exemplo.

Você pode criar o seu blog e ele terá como endereço ‘seublog.wordpress.com’, usuário e senha para postar e gerenciar suas publicações, porém, a customização do seu blog no WordPress.com é bem limitada: você pode escolher dentre um número limitado de layouts gratuitamente, mas não existe a possibilidade de customizar o tema escolhido.

Diferença entre WordPress.org e WordPress.com

Muitos confundem a versão disponibilizada no WordPress.org com o WordPress.com, que é o mesmo software, mas em um modo de funcionamento muito diferente.

Sobre o WordPress.com

No WordPress.com, você não precisará ter uma hospedagem e domínio próprio para utilizar o WordPress. Neste, você terá um blog no formato seusite.wordpress.com e não precisará pagar uma hospedagem, pois é uma rede gratuita de blogs. Pode parecer interessante não ter custos para ter seu site em WordPress, entretanto, apenas parece. Utilizando o WordPress.com, você não poderá instalar o tema que quiser, ficará restrito aos temas disponibilizados em tal rede, e não poderá também instalar plugins, utilizar publicidade (programa de afiliados) ou um sistema de métricas como o Google Analytics, ficando com uma utilização totalmente restrita. Você não poderá também ter acesso ao FTP do servidor e terá que, obrigatoriamente, exibir no rodapé o texto “Aloje seu blog com WordPress.com”, deixando claro que você está se utilizando de uma rede gratuita.

Vale lembrar que algumas funcionalidades extras, como edição do CSS e utilização de domínio próprio, estão disponíveis no WordPress.com apenas mediante pagamento, ou seja, comprando itens Premium, mas acredito que você pode aplicar melhor seu investimento tendo uma hospedagem e domínio próprios do que pagar uma rede de blogs para ter só mais algumas funcionalidades a mais.

Principais vantagens:

  • Atualização automática da versão vigente do WordPress;
  • Backup automático do conteúdo (sem perigo de perder seus posts);
  • Seu blog ficará alojado em centenas de servidores, por isso é pouco provável que fique fora do ar devido ao tráfego intenso;
  • Possiblidade de escolher dentre vários temas, estilos e categorias, gratuitamente;

Principais desvantagens:

  • Não é possível adicionar temas personalizados ou personalizar o tem escolhido, ficando “preso” apenas aos temas fornecidos pelo WordPress.com;
  • Não existe a opção de personalizar os links permanentes do blog (ex.: seublog.wordpress.com/nomedopost). O que impossibilita torná-los mais amigáveis.;
  • Não é possível carregar plugins;
  • Não é possível adicionar banners de publicidade, Google AdSense ou nenhum código JavaScript.

Muitos que usam o WordPress.com acabam ficando chateados quando mudam para o WordPress.org, por que algumas coisas são diferentes, não tem ou são mais difíceis que no .com.
Alguns sofrem por não terem mais o stats e por perder aquele contador. Outros choram por não quererem o trabalho de ficar fazendo atualizações e backups, mas na minha opinião, esse sofrimento não é nada comparado ao que você pode fazer, criar, personalizar quando está usando o WordPress em hospedagem. Principalmente se você está começando a levar mais a sério seu blog ou desenvolver um projeto maior, como um site, por exemplo.

Para quem não quer investir em um blog, quer criar um blog mais privado ou apenas para amigos e familiares, tem pouco ou nenhum conhecimento na área de programação e não tem planos de obter renda com ele, quer apenas testar ou conhecer o universo dos blogueiros, essa é, definitivamente, a melhor opção, mas sempre podemos ir além.

Sobre o WordPress.org

No WordPress.org, você pode baixar e instalar o software WordPress gratuitamente (a mesma plataforma que é utilizada para criação de blogs no WordPress.com), mas para o seu blog ir ao ar você precisa ter uma hospedagem de site, além do registro obrigatório de um domínio próprio, ex.: seublog.com.br.

Com o WordPress instalado em seu servidor, você poderá instalar temas (sejam eles gratuitos, pagos, ou desenvolvidos sob medida para suas necessidades) e os alterar conforme seu gosto, instalar plugins para desenvolver as funcionalidades do sistema, e tudo mais que precisar.

Pontos do WordPress.org a serem considerados

  • É um site da aplicação web WordPress;
  • O software WordPress é free, você não precisa pagar por ele;
  • Você faz download do software e instala no seu site;
  • Para instalar o software no seu site é necessário ter uma hospedagem e domínio;
  • É recomendado uma hospedagem em servidor linux;
  • Pode baixar plugins ou temas de graça e instalar no seu WordPress;
  • Você atualiza o software quando tiver novas versões;
  • Você atualiza os plugins e temas quando tiverem novas versões;
  • Você altera seus temas como quiser;
  • Você encontra tudo sobre como alterar temas, criar plugins e outras coisas do WordPress, no fórum ou docs.

Hospedagem e domínio

Você pode pesquisar por um serviço de hospedagem que lhe atenda e atenda suas necessidades, como exemplo de hospedagem paga, temos sites como DreamHostLocaweb, Uol Host, e outras empresas que possuem planos variados. Lembrando que o serviço de hospedagem é muito importante, e é o que fará seu site ser estável e seguro, tanto para você quanto para seus visitantes. É aquele ditado, né: “O barato pode sair caro”. Pense bem e pesquise referências na hora de escolher.

destaque-tutoriais-migrar-wordpress

Já o domínio próprio, você pode verificar se o nome que você quer está disponível e registrá-lo diretamente pelo Registro.br (caso seja .com.br ou tenha outra extensão de sites nacionais), pelo GoDaddy (caso queira um endereço .com) ou junto com o serviço de hospedagem quando as empresas oferecem este pacote.

Você no controle

Com o WordPress instalado, você terá um controle completo do seu blog e poderá ter um layout com tudo que julga necessário!

E como faz para ter esse site ou blog sem conhecimento técnico?
Bom, existem empresas e profissionais especializados para te ajudar na criação e desenvolvimento do seu site ou blog em WordPress, algo totalmente personalizado, do jeitinho que você sempre quis, tirar suas dúvidas e oferecer sugestões para desenvolver algo viável, porque também não dá pra viajar na maionese, né?

Conclusão

Bom, com o WordPress.com você pode usar um serviço gratuito de criação de blogs, porque é bom lembrar que no WorsPress.com não é possível desenvolver sites ou e-commerces. Já no WordPress.org você faz o download de toda a plataforma do WordPress para poder instalá-la em um servidor próprio e poder ter mais liberdade para customizar seu blog, além de desenvolver qualquer tipo de projeto, seja sites de pouca páginas até e-commerce. Agora que você já sabe a diferença, conta pra gente nos comentários qual deles você usa ou qual deles você escolheria. 😉

Se você gostou desse artigo sobre Infra para WordPress, provavelmente vai gostar de:
Mais posts como este