Você está lendo:

Como usar o Yoast SEO e a URL canônica para WordPress

Sobre:
Como usar o Yoast SEO e a URL canônica para WordPress

Vamos falar sobre URL canônica do WordPress. Para que ela serve, qual sua importância para o SEO e como podemos editá-la por meio do plugin Yoast SEO.

Aminy Gusmão
url-canonica-wordpress-destaque

Vamos falar um pouco sobre URL canônica do WordPress. Para que ela serve, qual sua importância para o SEO e como podemos editá-la por meio do plugin Yoast SEO.

Para que serve uma URL canônica do WordPress?

A URL canônica é uma das formas mais relevantes para impedir a existência de conteúdo duplicado em seu site, blog ou e-commerce, este recurso também pode ser utilizado para aprimoramento dos vínculos e a classificação de conteúdo disponível. É muito comum que um só conteúdo seja acessado de várias URLs, da mesma forma que o o conteúdo seja distribuído para URLs e domínios completamente diferentes.

A utilidade mais buscada para a URL canônica é impedir que os robozinhos ou spiders dos mecanismos de busca confundam seu conteúdo, classificando-o como duplicado.

O Yoast SEO e o controle da URL canônica

Como uma das ferramentas de SEO mais conhecidas e utilizadas para ajudar a organizar conteúdos mais indexáveis de forma orgânica pelos mecanismos de busca, o Yoast SEO dispõe de duas formas de cuidar das URLs canônicas. Normalmente o Yoast já adiciona URLs canônicos para a maioria das páginas no seu site ou blog WordPress. Neste caso mostraremos como fazê-lo de forma manual:

url-canonica-wordpress-metabox

Individualmente (artigo por artigo)

A URL canônica no WordPress pode ser criada ou alterada diretamente da página de criação de conteúdo, basta acessar a guia “Avançado” na METABOX do Yoast, para alterar a URL canônica:

URLs canônicas para arquivos nas páginas

Um erro muito comum para quem tem seus conteúdos distribuídos em várias páginas do blog, é apontar a URL canônica do WP somente para página 1, correndo o risco dos motores de busca não indexarem links que estejam ou apareçam nas demais páginas. Tal ação faz com que os artigos mais velhos comecem a cair ou desapareçam dos resultados de busca inteiramente.

Para evitar essa catástrofe de perda de conteúdo, você precisa mudar o elemento canônico das categorias, tags ou outro elemento de taxonomia que você utiliza para apontar para outra página. Não é nenhum desafio, basta ir para as configurações de taxonomias e definir o canônica:

Filtrar a URL canônica de forma programática

Existe outra possibilidade, você também pode filtrar a saída da URL canônica do WordPress programaticamente. Basta usar o filtro wpseo_canonical e retornar “false” para as URLs canônicas que você não quiser emitir.

Espero que tenha gostado do artigo e que ele possa te ajudar. Deixe seu comentário em nosso post e Curta a Apiki em nossos canais sociais.

Se você gostou desse artigo sobre WordPress SEO, provavelmente vai gostar de:
Mais posts como este