Você está lendo:

Com deixar meu site mais seguro sem amolação

Sobre:
Com deixar meu site mais seguro sem amolação

Conheça o resumo das técnicas que deixam seu site mais seguro. O WordPress oferece vantagens para você manter a instalação longe de hackers e malwares.

Aminy Gusmão
Com deixar meu site mais seguro sem amolação

Um site mais seguro não vale por dois, mas pode te livrar de muitas dores de cabeça. Com  WordPress, segurança nada mais é do que agir de maneira preventiva. Quando e se necessário, agir de maneira corretiva.

Para ambas as ações existem ferramentas e técnicas para evitar e solucionar problemas. Quando se fala em um site empresarial, os cuidados devem ser maiores, dependendo da quantidade de serviços ofertados. Mas nada que se torne uma grande preocupação, existe sempre uma ferramenta, possibilidade ou novidade no WordPress que combina perfeitamente com seu negócio. Afinal, já está mais do que provado que o WordPress é seguro. Esta plataforma tem várias ferramentas que garantem a integridade de maneira planejada e organizada. Com as ações corretas para blindar seja em uma atividade preventiva ou corretiva, mas lembre-se sempre, é melhor prevenir do que remediar.

O que mais deixa um site mais seguro?

Existem ações mais técnicas e pontuais que aumentam a segurança de um site em WordPress. Veja algumas delas:

  • Configurar debug e diretivas de erro;
  • Mover o arquivo wp-config.php para localização segura;
  • Desabilitar a opção de edição de plugins e temas através do painel administrativo;
  • Implementar diretivas de segurança no arquivo .htaccess, se Apache estiver em uso;
  • Excluir arquivos desnecessários e obsoletos do core da aplicação;
  • Implementar regras de segurança no robots.txt;
  • Incluir diretiva para bloqueio e redução de spammers;
  • Obter e implementar um certificado de segurança confiável.

Backups

A primeira e mais importante regra de segurança em qualquer situação, tenha uma cópia de segurança. Proteger o banco de dados e demais aplicações garante o funcionamento, correção ou recuperação de um site mesmo que haja falhas, invasão ou erro no processo.

scan-site-mais-seguroEscaneamento

Passar um pente fino, escanear todo o site é o primeiro caminho para corrigir todas as ocorrências encontradas, WPScan é uma ótima ferramenta para esse tipo de ação, utilizá-la com frequência previne algumas possíveis dores de cabeça.

Atualização

No WordPress, a forma mais simples de deixar seu site mais seguro são as atualizações da plataforma.

Manter o WP, seus plugins e temas sempre rodando a última versão é um primeiro passo para manter com a casa em ordem. Ações simples como alterar as secret keys e substituir o usuário “admin” também ajudam a deixar seu site mais seguro.

Aconselhamos que seja dada preferência ás atualizações via repositório de arquivo, assim é possível validar as atualizações em outros ambientes antes de aplicar as mudanças em produção. Além disso, reverter para uma versão anterior será possível e prático caso o processo falhe ou aconteça algo desagradável.

Revisão

Para evitar surpresas indesejadas, revisar o prefixo de tabela do banco de dados, os escaneamentos e a permissão correta para todos os arquivos e diretórios é sempre muito bom.

Se você gostou desse artigo sobre Segurança para WordPress, provavelmente vai gostar de:
Mais posts como este