Qual a diferença entre mobile first e design responsivo?

Está difícil escolher entre mobile first ou design responsivo? Podemos falar mais a respeito dos dois para que essa decisão se torne mais fácil e palpável para o seu projeto.

Destaque mobile first e design responsivo
Seus amigos merecem saber desse conteúdo?

Está difícil escolher entre mobile first ou design responsivo? Podemos falar mais a respeito dos dois para que essa decisão se torne mais fácil e palpável para o seu projeto.

Afinal, mobile first ou design responsivo, qual devo escolher?

mobile-first-design-responsivo-1Para simplificar a resposta ao máximo eu diria os dois. Mobile first e design responsivo são conceitos diferentes que se complementam como veremos a seguir.

Mobile first

Consiste basicamente em mudar o mindset que encontramos normalmente no mercado de desenvolvimento atual, onde o site em WordPress (ou não) é desenvolvido diretamente em uma tela de desktop onde front-ends e back-ends pensam e criam os recursos demandados dos clientes para a usabilidade no computador. Com a crescente constante dos dispositivos móveis a mudança da maneira de pensar o projeto é inevitável, criar um projeto pensando as implementações e experiência primeiramente em smartphones e tablets é o que o conceito de mobile first segue e o que é difundido amplamente em todo o mundo desde 2010.

Design responsivo

O design responsivo contempla um visual “mutável” que se adapta a qualquer dispositivo que o site for aberto, móvel ou não. Um site responsivo pode ou não ser desenvolvido pensando nas versões mobile primeiro, a opção de usar o modelo de trabalho mobile first ou não vem de cada um.

Inclusive existem sites de marketplace especializados em vender temas para WordPress em que os modelos disponíveis são visualizados primeiramente na versão para dispositivos móveis, mas são de toda forma responsivos.

No fim das contas o conceito de design responsivo é uma solução para ambos os formatos, muitas vezes a opção de quem já tinha um site ou blog seja adaptar o que já tinha para smartphones e tablets, recorrendo a plugins, migração de template, contratando uma empresa especializada ou reformulando o projeto do zero. Tudo para entrar no universo mobile e assim não perder tráfego e ranqueamento nos motores de busca.

Conclusão

mobile-first-design-responsivoUma coisa é certa, o acesso a internet pelos dispositivos móveis já é uma realidade, gestores de projetos não podem mais descartar como seu site/conteúdo será consumido nos smartphones e tablets. Pensar mobile first e ter um site responsivo não é mais um diferencial competitivo, é um ato de sobrevivência na web.

O que você acha, espero que tenha gostado. Deixe seu comentário.