Tudo do WordPress 4.5 para você ficar por dentro das novidades

0
WordPress 4.5 - gestão de comentários

O WordPress 4.5 está aí desde o dia 12/04 e veio repleto de novidades. Seguindo a tradição, seu nome veio homenagear mais uma lenda do jazz internacional. Desta vez, o homenageado foi Coleman Hawkins, musicista que transformou o saxofone em instrumento solo. Chamada de Coleman, a mais nova versão do WP trouxe grandes novidades, tanto para desenvolvedores quanto para gestores de conteúdo. No vídeo oficial divulgado no blog do WordPress.org, temos uma ideia do que veremos nesta versão.

Impressionante, não é mesmo? Então saiba em detalhes tudo o que temos de novidade na versão 4.5 do WordPress.

Atualizando a versão do WordPress

Quem conhece o WordPress sabe que a cada 3 meses há uma nova versão sendo lançada. Nem bem a versão 4.5 foi lançada, a 4.6 já se encontra em desenvolvimento, mas para aproveitar todas as novidades que a mais recente versão do CMS traz, é necessário partir para o processo de atualização.

Mas porque é importante atualizar a versão do WordPress? Apenas para seguir a tendência de todo mundo que trabalha com o WP? Não mesmo! A intenção é incrementar nossos projetos com os novos recursos trazidos a cada versão, mas também obter ganhos de performance e segurança imprescindíveis para qualquer um que está na web.

Certifique-se de que temas e plugins são compatíveis com o WordPress 4.5 e corra  para fazer a atualização do seu projeto.

Alterações importantes para gestores de conteúdo

Se você está interessado em saber o que mudou para quem faz o gerenciamento de sites via painel administrativo, abaixo você terá uma visão geral de cada uma das alterações:

  • Pré-visualização responsiva no Personalizar;
  • Alteração de logotipo no Personalizar;
  • Recarregamento seletivo no Personalizar;
  • Gestão de comentários melhorada;
  • Atalhos para formatação de conteúdo;
  • Login usando e-mail e nome de usuário;
  • Embed de Twitter Moments e timelines e de vídeos do DailyMotion usando HTTPS.

Visualização responsiva no Personalizar

Se você é daqueles que tem em seu projeto um tema mobile-friendly e gostaria de saber como ficará qualquer alteração na versão responsiva antes mesmo de publicá-la, no WordPress 4.5 será possível pela funcionalidade do Personalizar. Disponível desde a versão 3.4 do WP, a opção de customização e pré-visualização ganha mais esse recurso, facilitando a vida do gestor na visualização de seu site na versão responsiva sem ter que ficar redimensionando manualmente a tela do seu computador para isso.

Visualização responsiva - WordPress 4.5
Visualização responsiva no Personalizar- WordPress 4.5

Logo abaixo das opções de personalização à esquerda da tela, é possível encontrar os três ícones para a visualização no desktop, tablet e smartphone. Com isso, a pré-visualização responsiva é feita com apenas alguns cliques.

Alteração do logo via admin

O logotipo é importantíssimo para qualquer projeto e sabendo disso, a equipe do WordPress permite agora que seja feito o upload da logo via painel administrativo. Também no menu Aparência > Personalizar, o gestor poderá fazer o upload e corte adequado da logo para que ela se adapte ao tema utilizado.

Suporte para upload de logo via admin - WordPress 4.5
Suporte para upload de logo via admin – WordPress 4.5

Se mesmo atualizando o seu site para o WordPress 4.5 você ainda não consegue visualizar essa opção, é devido ao suporte que não foi concedido ao projeto para que o logo possa ser subido via admin.

Personalizar com carregamento seletivo

Quem faz uso do Personalizar sabe o quanto ele é um bom aliado quando o assunto é visualizar alterações antes mesmo da publicação. Com isso, a mínima alteração feita em menus, widgets, entre outros é feita e pré visualizada ali mesmo no admin, sem precisar salvar e recarregar a página.

Porém, quem conhece sabe que em alguns momentos havia uma lentidão bem grande no recarregamento da página, pois em vez do WP recarregar apenas a área modificada, ele recarregava a página como um todo, fazendo com que a experiência do usuário não fosse das melhores em certos momentos.

Na versão 4.5, houve essa mudança a partir do recurso Selective Refresh. Agora apenas aquilo que foi modificado será atualizado no preview. Legal, não é mesmo?

Gestão de comentários com novidades

A gestão de comentários no WP 4.5 também não poderia vir sem algo novo. Quem já fazia uso dos links de moderação contidos nos e-mails de notificação de comentários pendentes, percebia que os comentários não vinham com a devida formatação. Isso atrapalhava muito a visualização de como ficaria o comentário depois de aprovado. Agora é possível ver de forma facilitada como ficou o comentário e ainda fazer qualquer edição antes da moderação.

Aprovação de comentários na versão 4.5 do WordPress

A página de erro de comentário também teve uma pequena alteração visual, mas grande no quesito experiência do usuário. Sempre que o usuário tentar publicar um comentário, mas for levado à tela de erro, um link para voltar à tela anterior é exibido.

Mensagem de erro - WordPress 4.5

Inserção de textos inline

Para quem já estava acostumado a inserir textos inline pelo editor do WordPress, com a versão 4.5 houve um incremento dessa funcionalidade. Agora, usando as teclas de atalho CTRL + K ou COMMAND + K abre-se um campo em que é possível digitar uma URL ou pesquisar por um conteúdo já publicado em seu projeto. Interessante, não?

WordPress_4-5

Já os atalhos de formatação de conteúdo via editor foram incrementados com a opção de incluir textos em negrito, em itálico e códigos de maneira fácil e simples. Para negrito, colocando o seu texto entre dois asteriscos é o suficiente (ex: **negrito**). Para itálico, usa-se apenas um asterisco (*itálico*) e para códigos uma crase (`código`). Isso mostra o quanto o WP tem dado atenção às pessoas que já fazem uso do markdown para formatação de conteúdo, seguindo a tendência de vários outros serviços, tais como Trello, GitHub, entre outros.

atalho-inline-compress

Enfim, login usando e-mail do usuário

Selection_001

Para quem não via a hora dessa implementação se tornar algo padrão do WordPress, essa é a hora certa para aproveitá-la. Agora não é mais necessário usar plugins para fazer o login usando o e-mail. Na versão mais recente do CMS esse recurso veio habilitado por padrão, permitindo que qualquer usuário informe nome de usuário ou e-mail juntamente com a senha na tela de login.

Novos Embeds chegaram com o WordPress 4.5

Se você já era um grande admirador do recurso de oEmbed do WordPress, ele veio com algumas novidades. Desde a versão 3.4, já era possível fazer o embed de tweets apenas copiando e colando a sua URL no editor do WP. Agora é possível fazer embed de Twitter Moments e de collections também utilizando esse recurso.

Esse vídeo do WP Smackdown mostra bem como esse recurso funciona. Vale muito a pena ver para que serve e como fazer, pois é uma boa dica de integração com redes sociais. 🙂

Quanto ao embed dos vídeos do Dailymotion, funcionais desde a versão 2.9 do WordPress, há agora a possibilidade de fazer a incorporação de forma segura por meio do HTTPS.

Por trás das cortinas: novidades para desenvolvedores

A comunidade de desenvolvedores em WordPress pode comemorar todas as novidades que vieram na versão 4.5 do CMS. Melhorias e novas implementações são algumas das coisas boas que podemos citar, mas para sermos mais específicos, abaixo você confere o que de mais importante mudou para você que está acostumado a ver o WP por trás das cortinas:

  • Alteração da quantidade de caracteres permitidos para os campos de comentários;
  • Melhorias na performance no carregamento de scripts e styles;
  • Implementação do recurso de upload de logos pelo admin;
  • Implementação da atualização seletiva de widgets no personalizar;
  • Melhorias de performance no tratamento de imagens;
  • Rest API no WordPress 4.5
  • Correções nas imagens responsivas em sites usando HTTPS;
  • Embeds melhores e personalizáveis;
  • Nova página de edição de termos;

Lidando com os limites de caracteres – formulário de comentários

Na versão 4.5, o WordPress respeitará a quantidade máxima de caracteres que o banco de dados consegue gravar para cada campo do formulário de comentários.

Os limites são os seguintes:

  • Comentário – 65525 caracteres
  • Nome – 245 caracteres
  • Email – 100 caracteres
  • URL – 200 caracteres

Também é possível aumentar ou diminuir tais quantidades por meio do filtro wp_get_comment_fields_max_lengths. Para saber mais a respeito do maxlenght, veja o artigo Como lidar com maxlength nos campos de comentários do WordPress 4.5.

Ganhos de performance – scripts, styles e imagens

O WP sempre vem pensando no quesito performance, por isso nesta versão tivemos ganhos consideráveis no carregamento de scripts, styles e imagens. O WordPress que antes carregava um grande arquivo wp-admin.min.css e wp-admin-rtl.min.css agora passa a carregar um chamado load-styles.php que chama outros 4 arquivos dashboard.css, com 72KB. Já imaginou o que isso pode afetar na performance do seu projeto? Foi uma redução de quase 70% no tamanho do arquivo carregado. É muito significativo, não é mesmo?

O mesmo aconteceu com os scripts que agora enviam para o navegador um cabeçalho ETag com a versão do WordPress. Isso evita que o browser faça sempre o download quando não há mudança de versão.

Quanto às imagens, a compressão padrão que era de 90% passa para 82%, sem perda visível de qualidade. O WP passa a fazer uso de novas funções que visam a otimização no carregamento de imagens. Para saber mais sobre o assunto, vale a pena ler nosso artigo Performance no tratamento de imagens.

Dando suporte ao seu tema para o upload de logos via admin

Com algumas linhas de código no arquivo functions.php de seu tema, você deixará a definição do logo mais flexível para o gestor definir a melhor imagem.

O mais interessante é que por meio desse código também será possível definir as dimensões que a logo deve ter após o upload via admin. Para isso, o dev precisará apenas incluir a largura e a altura da imagem. Caso o gestor suba uma imagem maior, ele poderá fazer o recorte via admin para que ela se adeque ao tamanho correto.

Para habilitar é muito fácil e você pode conferir o que precisa ser feito para subir logos no WP por meio deste artigo (Logos: Implementação da nova Versão WP).

Habilitando o selective refresh

Vimos que na função Personalizar widgets e suas áreas são atualizadas de forma seletiva, ou seja, apenas a área modificada é atualizada no preview. Agora, como fazer com que esse recurso esteja ativo em seu tema? É isso que vamos responder.

No caso de widgets, apenas uma linha de código precisa ser adicionada.

add_theme_support( 'customize-selective-refresh-widgets')

Para habilitar para uma área específica, o código fica um pouco maior e você pode acompanhar no artigo Menu de Personalização com novidades. Assim, o gestor ganha com uma melhor experiência e melhor performance do recurso de customização de temas.

REST API na versão 4.5

O consumo de dados para o desenvolvimento de aplicações é possível por meio da REST API. Com isso, um projeto em WordPress pode muito bem se tornar um canal de fornecimento de dados para diversas integrações, sendo ou não essas aplicações consumidoras também em WordPress.

Se seu intuito é exibir em seu site uma lista de posts de nosso blog, por exemplo, poderemos fornecer uma rota para que esses dados sejam consumidos por sua aplicação e você consiga exibir todos os nossos artigos de forma atualizada. Interessante, não é verdade? Mas como tudo tem alguns poréns, a REST API ainda está caminhando e possui alguns problemas que a equipe de desenvolvimento do core do WP está correndo para resolver. Para saber mais detalhes a respeito, veja nosso artigo REST API: Como recurso do WordPress 4.5.

Problemas em imagens responsivas em sites com certificação SSL

Correções de problemas com SSL em imagens responsivas no WordPress 4.5

Desde a versão 4.4, o WordPress passou a dar suporte de forma nativa para imagens em versões responsivas de sites. O avanço foi gigantesco, mas sites que possuíam certificados SSL válidos ainda carregavam as imagens em http.

Para dar fim a esse problema, na versão 4.5 houve a solução para o SSL em imagens responsivas.

Embeds mais flexíveis

Desde a versão 4.4, o WordPress se tornou oembed provider, fazendo com que fosse possível fazer o embed de posts de outros sites e blogs em WordPress apenas copiando e colando a URL da publicação.

embed_parts_4.5

Na versão 4.5, houve melhorias nessa funcionalidade no que diz respeito ao atributo title e em sua hierarquia de arquivos para personalização. Nosso artigo Embeds melhores e personalizáveis no WordPress 4.5 dá uma visão bem aprofundada das mudanças.

Uma nova página de edição de termos

No WordPress 4.5, temos uma nova página de edição de termos, a wp-admin/terms.php. E qual é o impacto disso para você, desenvolvedor? O desafio principal em seu plugin é saber se a página que está sendo acessada é ou não de edição de termos.

edit-term

Para isso, o WordPress disponibiliza a opção de substituir na variável $pagenowedit-tags.php por term.php.

Quer saber sobre tudo o que o WordPress 4.5? Te contamos tudo em uma série de artigos. Veja todos os recursos de forma detalhada e conheça mais sobre o nosso release overview do WordPress 4.5.